terça-feira, 21 de outubro de 2008

As aparências.

Com certeza um assunto que ainda renderá muitos posts.

Eu acho que aparências valem muito, sim, mas não tanto quanto fazem valer hoje.

Sua aparência é seu famoso cartão de boas vindas, não digo a sua beleza quanto aquilo que você não escolhe como ter um nariz gigantesco ou os olhos vesgos, eu não encaro pessoas "feias" por natureza com preconceito, mas encaro, com certeza, pessoas "feias" por opção com preconceito.

Com feias por opção quero dizer, por exemplo, uma garota que deixou a unha dela comprida, perfeita, pintada de rosa pink, tem o cabelo extremamente loiro e bem cuidado. Bom, ela pode não ser feia para vocês, mas eu acho feio. Acho feio essas pessoas que brilham pink e respiram colônias francesas e sandálias quase-havaianas de 500 dólares. Voltando ao assunto, obviamente que quando eu ver uma garota tão cor de rosa vou pensar "Nossa ela deve ter uma coleção de Hello Kittys e gastar muito dinheiro todo mês no salão de beleza". E mesmo se a garota vier falar comigo (o que eu vou evitar ao máximo) eu não iria dar muita bola, se ela me falasse que gostava de Black Metal eu não ia acreditar, nem se ela falasse em ordem alfabética invertida todas as músicas do meu amado Behemoth.

A aparência é completamente um atrativo. As pombas macho se exibem com seu pescoço meio doidão (não sei descrever rs) para as pombas fêmea, elas, depois de um processo confuso, fazem um ninho. Depois de feito o ninho, os ovos chocando, o pescoço da pomba macho não fica mais tão... inflado quanto antes. Ainda não concorda comigo? Você está solteiro, acha que aparências não importam. Está um dia indo para o trabalho no metrô, enquanto uma garota morena extremamente gostosa entra neste e nem te dá bola, enquanto uma japonesa de 1,5m com seu óculos de lentes fundo de garrafa, nariz achatado e cheio de espinhas, e uma testa que é enorme, te olha, implorando por alguma atitude que demonstrasse interesse. Agora imagina: a morena é tão legal quanto a japonesa, e agora? Qual você escolhe?

(Infelizmente) Focando um pouco em mim agora, as pessoas da escola acham assustador quando eu vou de jeans pra escola. Eu tenho dois grandes motivos para não usar calças jeans:
  1. Eles "apertam" a pele, e alguém já comentou que isso dá celulite e/ou estria (não sei qual que é qual).
  2. Quando eu ando completamente de preto na rua, com minhas camisetas de banda e o cabelo no rosto ninguém olha pra mim com qualquer interesse (a não ser uns motoqueiros que buzinam, devem ser tarados por ruivas metaleiras trues). Mas ultimamente, com todas as minhas calças de moletom pra lavar, tenho usado minhas calças jeans, e junto com as calças de moletom foram as camisetas de banda :(, e como não gosto de usar camisetas de outra cor a não ser branca, me vi quase que obrigada a usar minhas camisetas baby look brancas com umas calças jeans que eu tenho faz um certo tempo (ou seja, estão meio apertadas). Nisso experimentei muitas, MUITAS pessoas assobiando, buzinando, chamando, sem nem mesmo olhar pro meu rosto, como se todos os cérebros que eles fossem conviver fosse a minha bunda, como se todas as bocas que eles fossem falar fosse a minha... minha... orelha. É.
Vou acabar por aqui o post, já está um pouco tarde e eu ando meio desanimada, tanto para escrever quanto para fazer qualquer outra coisa.
Não imagino que "você"(Gabi) vá ler, mas sem querer dar uma de sentimental, (é tudo culpa da TPM) você me... me...... meio que me chateou com o que falou lá no Orkut.
Obs: Para quem não sabe da história, estava num tópico cheio de brigas e tal, e quando ele não tinha tantas brigas assim eu comentei, brincando, uma coisa e coloquei embaixo "Propaganda: http://ana2903.blogspot.com" e então a dita cuja respondeu dizendo "É, Ana, visita meu blog também: http://maisumametidaainteligente.blogspot.com".
Não devia me importar com essas coisas, mas não consegui controlar essa.
Por isso digo: Gabi, vá se fuder!

Obrigada pela atenção, e desculpa pelo desânimo, pela lavagem de roupa suja tão publicamente, e por falar de fatos pessoais assim nos posts.
Ah, o blog tá uma merda, se alguém tiver alguma sugestão de qualquer coisa para melhorá-lo me fale. Eu estava pensando em fazer o próximo post sobre uma mensagem subliminar, o que acham?

Boa Noite.

5 comentários:

Magnum Borini disse...

Olá! só to passando pra dizer que meu blog ta com novidades! e da uma olhada no seu claro!

abração e ta+!

Cristiano disse...

Oi! faz um tempo que não paro pra ler seu blog(completamente sem tempo né?)
realmente não se pode negar que muitas pessoas senão a maioria apenas ligam para a impressão "externa" da pessoa, e chegamos a um ponto que isso pode ser considerado "o fator principal" para muitas pessoas.
EX. alguém assobia para outra pessoa pensando "é minha atitude é legal, a pessoa vai se sentir valorizada"
Enquanto a pessoa que ouve o assobio no caso você pensa "que rídiculo isso"
Mas estamos em um tempo que as pessoas simplesmente pensam de maneira tão estética mas tão estética que ao invés de considerar isso algo vulgar acaba gostando disso.. e resolve até melhorar sua aparência para que isso aconteça mais vezes.
Agora me diga a que ponto as pessoas foram chegar? ¬¬

PS. Tem acontecido muita coisa por ae e nem fiquei sabendo =/
Te amo muito e continue escrevendo super bem =].

Ivich disse...

O mundo é governado por pessoas que se importam com aparências, e nós, reles mortais, estamos sujeitos a todas as suas conseqüências...
Não sei se isso é muito bom, ou muito ruim, tudo é muito relativo, muito complexo... Mas receber cantada assim, 'a troco de nada' é péssimo mesmo! RSRS

Ah, essa fala de inspiração para posts incríveis, passa.
Você supera. É só insistir.

Bjo

Amagorath disse...

Aparencia...

importante???
Evidente que sim... mas para que??E para quem???

Já perceberam que as pessoas feias fisicamente que reconhecem sua falta de beleza estética sempre se voltam para "o importante é a beleza interior"???

Não quero comentar muito sobre oque deveria ou não ser levado em conta... cada um tem seu modo de perceber e enchergar o mundo através de suas experiencias de vida... e essa questão da aparencia,beleza,feiura... fazem parte dessa percepção...

Então falarei sobre minha visão da questão... eu que não me acho belo, mas tenho certeza que existem pessoas muito mais horrendas que eu, acredito que a estética é sim necessária... em alguns momentos... para se obter algo que se deseja é sim necessário arrumar as coisas...

partimos de um instinto primário... todas as criaturas do planeta optam pelo melhor... então você vai sempre optar pelo que agrada mais seja o fisico, o moral, o emocional... o banal... somos humanos e agimos assim, nem sempre de forma "convencional"

eu preciso de um par de belos olhos, alguns precisam apenas de um par de belos seios... natural...

Adriano Villa disse...

Oi meu bem... Faz tempo que não navego por aqui, na verdade, tenho trabalhado em outras coisas e esta díficil... Primeiro, o desânimo é importante para separar aqueles que querem continuar daqueles que querem parar... de qual lado vc esta? Quanto a aparência... (incrível como vc pensa nos posts como eu) acho importante no primeiro momento, com o passar do tempo a beleza daquele que esta ao nosso lado se perde nos valores que realmente importam... É legal estar ao lado de uma pessoa bonita? Sim, muito. Mas o que adianta a pessoa ser agradável por fora e desagradável por dentro? Se a pessoa que beleza, compre um quadro e pendure-o debaixo do pescoço... hehehhee... pois a verdadeira beleza do ser humano é cada dia mais aprender com sua existência e saber apreciar a verdadeira beleza que passa desapercebida por ai... O simples fato de estar vivo, de ter alguém ao lado, de ter alguém para chorar e para sorrir também... Beleza não se põe na mesa, eu geralmente ponho comida... hahahaah... mas cada um põe as coisas no lugar que quer... o que mais me preocupa neste assunto, é o fato da mídia expor uma forma perfeita de beleza e as pessoas comuns buscarem aquele padrão... isso sim me preocupa, pois além da frustração, que é um dos caminhos para a depressão gera aqueles problemas alimentares e com isso os verdadeiros valores acabam se perdendo em um grande emaranhado de miragens. Bjs
ps. não escreva sobre a mídia, esse será meu post quando regressar... bjs