segunda-feira, 8 de setembro de 2008

L'amour

Há algumas semanas minha professora de Filosofia, que por acaso eu ainda não decorei o nome, estava mostrando sua visão pessimista sobre o mundo, enquanto ensinava sobre Hobbes. A aula estava tediosa e eu estava me esforçando muito para manter-me acordada, quando ela tocou num assunto delicadíssimo: O amor, a paixão e sua duração.
Na visão dela o amor é um artifício da natureza, que faz com que nós tenhamos vontade de nos reproduzir. Como os insetos possuem cheiros e hormônios e tudo o mais para se atraírem, nós temos o amor, que segundo ela acaba quando o filho nasce. Bom, eu até hoje não tive um filho e muito menos tive romances suficientes para determinar o que é amor, o que é paixão.
Na minha opinião há paixão entre namorados e amor entre amigos e familiares. Sendo que paixão seria praticamente tudo relativo ao que é carnal, os desejos, principalmente sexuais. Ou seja, a paixão te deixa com vontade de ver a pessoa o tempo todo, estar junto dela, abraçados, beijando-se e tudo o mais; enquanto o amor seria sentir prazer em fazer a pessoa amada se sentir bem.
Eu não vou insistir muito na questão das diferenças pois, como já disse, não tenho experiência na área, o que me faz pensar estas coisas é o fato de eu ser muito observadora e me interesso particularmente nas relações de marido~esposa, namorado~namorada... então sempre estou observando porque casal X faz isso enquanto casal Y prefere aquilo outro, ou porque o casal X briga sempre e o Y nunca briga. E principalmente nesse último caso de brigas... O que mais notei que quanto mais desejo carnal um tem pelo outro e quanto mais tempo eles passam juntos mais eles brigam. Conheço duas pessoinhas lá da escola, que não citarei o nome porque já ocorreu muita briga de eu querer dar algum conselho e ser recebida com tiro lá, que só não estão brigando ou quando estão se beijando (e em outros momentos românticos) ou quando estão separados.
Eu vou parar por aqui porque preciso muito estudar para minhas provas, desculpem-me, mas estou em época de provas e trabalhos, fechamento de bimestre e tudo o mais. Eu até consigo escrever algo e tal, só que não garanto a qualidade... Igual a esse texto, ficou uma porcariazinha, eu até ia postar um conto que escrevi, mas ele me parece muito vazio.
Se eu continuar com esses problemas para escrever eu vou postar umas poesias antigas, tudo OK?
Obrigada por ler, e desculpem-me pela qualidade dos textos ter caído x.x
Sem música de hoje ''/

2 comentários:

Adriano Villa disse...

Olá, impressionante sua qualidade de escrita... vc me surpreendeu e me deixou meio sem ação... vc escreve muito hein (muito bem) uau... vc falou sobre observações, isso é muito bom, contudo, acho que deveria colocar o seu ponto de vista, assim seu texto ficaria mais completo. Por exemplo, os seus porques e suas respostas. sacou? continue sempre... vc me assustou com a qualidade e maturidade, estou impressionado e feliz por vc. bjs

fagner reis-As sementes estao germinando... disse...

Hum...deu pra perceber que voce é uma pessoa observadora.isso esta claro para nos perfeitamente.bom, os casais brigam porque sentem necessidade,é a natureza humana e quando voce encontrar um relacioamento profundo vai acontecer contigo tmb.agora eu so peso o seu ponto de vista,ok.quando casal x briga e o y nao é ai que entra o que eu chamo de diferenças humanas hehehe inventei agora...cada um reage de uma forma diferente em determinados assuntos.acho que é so..e continue a escrever viu.siga as orientacoes do seu pai que é um grande amigo meu de verdade.fique com Deus,bjs.